segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Opinião | "A promessa" de Lesley Pearse (Belle #2)

A Promessa (Belle #2)
Classificação: 5 Estrelas

Pegar num livro de Lesley Pearse para ler é como voltar a um lugar onde fomos felizes. Apesar de tantas agruras pelas quais as personagens de Lesley passam, sinto-me tão feliz a ler livros dela. As suas histórias enchem-me o coração de esperança e, no fim, deixam aquela sensação de vazio tão grande que só me apetece voltar ao início do livro.

A promessa é a continuação da história apaixonante de Belle do livro Sonhos proibidos. Adorei reencontrar todas as personagens, assim como conhecer outras tantas que deram uma tonalidade especial ao livro e a tudo o que foi acontecendo.
Com base numa escrita simples, fluída e cativante, Lesley Pearse leva-nos por locais e experiências tão diversas através de Belle, da Mog, do Jimmy e do Ettiene.
Toda a narrativa foi construída de forma muito inteligente recorrendo ao cenário histórico da Primeira Guerra Mundial.
Na minha opinião a autora soube explorar muito bem os acontecimentos da guerra e as consequência em termos de saúde mental que um acontecimento desta intensidade pode ter nas pessoas.

Consigo compreender Belle em todos os momentos do livro, mas nem sempre concordo com as suas opções. A essência dela ficou muito marcada por tudo aquilo que lhe aconteceu. Tornou-se num espírito livre, aventureiro e que, muitas vezes se sente como um pássaro selvagem colocado numa gaiola. Por tudo isto, percebo que ela precisava de caminhar pela vida com outro ser que fosse constituído pela mesma essência. 

Penso que Jimmy e Ettiene foram as personagens que sofreram mais transformações quer do livro anterior para este, quer ao longo deste mesmo livro. E foi neste livro que o lado bom de Ettiene se elevou para além do seu lado mau e sombrio. Continuo a achá-lo interessante e de quem gostaria de ter visto mais no livro. Porém, tendo em conta tudo o que foi acontecendo, faz sentido tudo aquilo que a autora nos ofereceu dele.

Uma personagem que apareceu neste livro foi Miranda. Uma amiga verdadeira que Belle conquistou para a sua vida. Escrevo sobre ela pois foi a personagem que me fez chorar em diferentes momentos do livro. 
A sua essência não era tão livre como a de Belle, mas guardava dentro dela um coração especial com vontade aventura. Uma mulher com garra que apenas queria descobrir o amor e ser feliz. Foi uma personagem muito intensa e que me ficará guardada no coração por todas as atitudes, comportamentos e relações que construiu. Eu gostaria de ser amiga da Miranda. 

Como já vem sendo hábito, adorei ler Lesley Pearse. É, sem dúvida, uma das minhas autoras favoritas. Os livros dela deixam-se sempre muito saudosista. Vivo tão intensamente a vida das suas personagens, que no fim tenho alguma dificuldade em separar-me delas. 
Estou muito, muito ansiosa por ler a continuação. Espero fazê-lo em breve. 

4 comentários:

  1. Adoro os livros da Lesley Pearse :)
    E da mesma forma, viajo intensamente a um outro momento da história e partilho a vida e sentimentos das personagens... Sem dúvida uma autora que me fascinou pelo facto de me agarrar aos livros logo desde a primeira página.
    Curiosa por ler este.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cristina,
      Muito obrigada pelo seu comentário.
      Lesley Pearse é, sem dúvida, fantástica.
      Espero que goste tanto desde como eu.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Eu sou um bocadinho suspeita ao falar da Lesley Pearse, pois adoro todos os livros dela.
    E lembro-me perfeitamente desta história.
    Eu sou da opinião que a Lesley Pearse além de nos contar uma história com bons e maus momentos, faz-nos sempre sonhar um pouco mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mary,
      Obrigada pelo comentário.
      Então somos as duas suspeitas. Quando quero uma boa leitura sei que esta é uma autora que nunca me desilude.
      É mesmo, faz-nos sempre sonhar um pouco mais. E sabe tão bem :).
      Beijinho

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!