segunda-feira, 30 de julho de 2018

Opinião | Contos

Felicidade Clandestina

Finalmente consegui terminar de ler todos os contos deste livro. Aqui seguem as opiniões aos últimos dez contos.

ContoCem anos de perdão
Classificação: 4 Estrelas
Neste conto reside a inocência da infância e no valor das coisas para quem vive com pouco. Também acho que aquela menina teria 100 anos de perdão por roubar uma rosa daqueles jardins que pertenciam às casas das pessoas ricas. Tenho a certeza que nenhuma daquelas pessoas ricas valorizava tanto aquelas rosas como a pequena ladra de flores.

ContoA legião estrangeira
Classificação: 2 Estrelas 
Deste conto pouco me ficou na memória. Achei-o confuso e sem sentido específico. No fundo, não percebi de onde parti nem para onde a autora me queria levar. Ficou apenas a beleza da escrita e o magia do crescimento de uma criança.

ContoA repartição dos pães
Classificação: 1 Estrela
Este conto tem apenas duas páginas. Olho para ele como se ele fosse uma pequena reflexão acerca da forma como queremos que o tempo passe e a forma como olhamos para a partilha.

ContoOs obedientes
Classificação: 3 Estrelas
Um conto que nos traz a história de um casal comum, que vive uma vida comum regida pelos padrões e regras próprias. Em alguns momentos senti-os como um casal claustrofóbico, que vivia preso aos seus próprios padrões. Acho que a mensagem do conto é acerca da forma como uma vida a dois deve ser vivida e encarada. Acho, também, que o conto quer mostrar que apesar da rotina ser importante não nos devemos vergar a ela, porque isso mata-nos a alma.

ContoMiopia Progressiva
Classificação: 2 Estrelas
Sinto-me bipolar ao ler os contos desta autora. Há contos onde a mensagem me parece óbvia e se alia a uma escrita cativante. Outros contos eu não consigo perceber qual a mensagem subjacente.
Este insere-se naqueles que são um enigma para mim. Percebi o conto sem compreende-lo na sua totalidade. Até mim, chegaram apenas os fragmentos de uma mensagem que presumo que seja mais complexa.

ContoPerdoando Deus
Classificação: 3 Estrelas
Este é um conto muito reflexivo. Um conto que nos mostra que nem sempre estamos a olhar para o local certo. Muitas vezes atravessamos a vida sem ver verdadeiramente aquilo que nos rodeia. de forma bastante interessante, a escritora explora estas formas de olhar o mundo e vai mais longe ao abordar as questões do amor próprio e da auto-estima.

ContoO grande passeio
Classificação: 4 Estrelas
Este conto retrata a velhice e a forma como os mais novos olham para os idoso. Achei engraçada a ideia de dar aqui um papel mais ativo a esta idosa, não a vitimizando, nem diminuindo. Apesar dos outros não a quererem ela consegui sempre dar a volta ao contexto, valorizando as coisas boas que daí poderia retirar. 

ContoAs águas do mundo
Classificação: 2 Estrelas
Um conto simples que pretende retratar a relação de uma mulher com o mar. Aquilo que mais gostei no conto foi o jogo de sensações que a autora conseguiu dar ao texto. 

ContoEncarnação involuntária
Classificação: 3 Estrelas
Um conto curto que nos deixa a pensar até que ponto somos permeáveis às influências e aos preconceitos dos outros. É claro que o conto apresenta uma visão exagerada das coisas, mas deixa-nos a pensar.

Conto: A mensagem
Classificação: 1 Estrela
Mais um conto a somar pontos à minha ignorância. Não consegui perceber qual o sentido da história deste conto. Foi tudo tão confuso, que me fui perdendo ao longo da leitura. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!