quinta-feira, 17 de maio de 2018

Palavras Memoráveis

Era como se o corpo que ele pensava ter desocupado se estivesse a vingar, lembrando-lhe que ele era o seu único ocupante, o único ser a quem podia anunciar a sua existência através da sua capacidade de dor. 
Amitav Ghosh, Mar de papoilas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!