quinta-feira, 22 de março de 2018

Palavras Memoráveis


Porque quando muito se quer a alguém, descobri-o agora, receia-se que o outro não nos ame em igual medida e que, em não nos rimando no ardor, possa sentir por outrem o que por ele sentimos.
Maria João Fialho Gouveia, Inês

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!