segunda-feira, 12 de março de 2018

Opinião | "Morreste-me" de José Luís Peixoto

Morreste-me
Classificação: 3 Estrelas

Parti para este leitura sem grandes expetativas e sem esperar o que quer que seja do livro. Com uma experiência anterior com o autor não tinha corrido muito bem não queria falhar com este livro também. Por isso, mantive a mente aberta e comecei a leitura de forma livre e despreocupada.

O livro é muito pequeno. Li-o numa viagem de uma hora de autocarro. Num registo muito intimista e sentimental, o autor liberta todas as suas emoções relacionadas com o falecimento do pai.
Apesar de ser um livro de leitura fácil e rápida, o autor apresenta-nos uma escrita muito própria. É uma escrita com alguns "floreados" que nem sempre me entusiasmaram. Para mim, muitas vezes, uma escrita mais simples tem poderes especiais  e consegue transmitir de forma bem mais eficaz aquilo que cada pessoa sente no seu interior.

Foi uma leitura satisfatória, sem grandes entusiasmos ou alvoroços, mas que me permitiu concluir com sucesso a leitura de uma obra deste autor.

Em relação a ler obras futuras do autor, não sei, tenho as minhas dúvidas e reservas. Como não me senti entusiasmada com este livro, como ele não me tocou de uma forma muito profunda, tenho receio de me perder com uma obra mais extensa. Tenho dúvidas em relação ao meu entusiasmo com a abordagem que José Luís Peixoto faz das palavras.

Futuramente, decidirei se me aventuro por outras obras ou não. Quem, como eu, sente relutância em "pegar" neste autor poderá começar com este livro e ver como se adapta a este género de escrita. Como é um livro pequeno é mais fácil suportar a leitura para o caso de não se estar a gostar muito.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!