quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Opinião | "O Escultor da Morte" de Chris Carter (Robert Hunter #4)

O Escultor da Morte (Robert Hunter, #4)
Classificação: 5 Estrelas

Esta foi a minha última leitura de 2017 e posso dizer que terminei o meu ano literário da melhor forma possível. Sempre gostei de livros deste género e, ao longo dos anos, sempre fui apostando neles. De toda a minha "bagagem" literária no que respeita a livros deste género afirmo que este é um dos melhores livro que já li. 

O escultor da morte traz-nos um assassino muito peculiar, com uma mente complexa e que dificultou a minha tarefa em descobrir quem é que ele era e quais as suas motivações. Houve coisas que até
Tudo o que é construído e descrito em torno dos crimes está muito bem escrito e tudo encaixa com uma perfeição soberba. Senti-me, muitas vezes, arrastada para todos aqueles cenários macabros e uma atração enorme pela inteligência de Robert Hunter. 

Na minha opinião, em termos policiais está muito bem conseguido. Há descrição de todos os procedimentos de recolha de dados e de autópsia, assim como da análise das pistas e da evolução da investigação. Tudo é-nos apresentado de forma metódica e organizada, transformando-se numa metáfora perfeita daquilo que deverá acontecer numa investigação real. 

Há um bom equilíbrio entre a parte profissional e pessoal das personagens, havendo espaço para conhecer outros lados das suas vidas. Acho este aspeto muito importante porque me permitiu criar laços e ligações as personagens, deixando o rasto da curiosidade relativamente às obras anteriores e àquilo que o autor ainda nos quer apresentar. 

É uma leitura muito, muito boa. Logo nas primeiras páginas eu fiquei presa aos acontecimentos e dava por mim a fazer expressões de espanto à medida que ia avançando na leitura. Só não foi uma leitura compulsiva devido à falta de tempo, porque a vontade que eu tinha era de ler sem parar para descobrir tudo o que havia para descobrir. 

Considero que para os leitores que gostam deste género literário irão vibrar a cada página virada. Para os que não gostam, este poderá ser um livro que os conquiste (a não ser que sejam sensíveis a cenas com descrições mais sangrentas e violentas). 

Nota: Este livro foi-me cedido pela editora em troca de uma opinião sincera.
Resultado de imagem para topseller

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!