quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Janeiro | Quem chegou?

O primeiro mês do ano trouxe-me bons livrinho. Apresento-os já de seguida.

Biblioteca
O Psicanalista          À Morte Ninguém Escapa (Helen Grace #2)

Estes dois livros bem interessantes vieram diretamente da biblioteca. O psicanalista "conheci" através da Denise que farta-se de dizer que há anos que o quer ler. A curiosidade dela acabou por passar para mim. Vi-o na biblioteca e decidi trazer. Quando ao À morte ninguém escapa estou com algum receio de não perceber a história. Só em casa descobri que é o segundo volume de uma série. Espero que começar pelo segundo não interfira na compreensão. Normalmente, neste género de livros não influência.

Ofertas
Verão em Edenbrooke (Edenbrooke, #1)

Gentilmente cedido pela Topseller chegou cá a casa o livro Verão em Edenbrooke. Já terminei esta leitura que foi maravilhosa. Partilharei, em breve, a opinião.

Empréstimo
Duplo Crime (Jane Rizzoli & Maura Isles, #4)
Este foi um livro enviado pela Denise no âmbito do nosso projeto Empréstimo surpresa. Já está lido e a opinião está no blog. Falta-me apenas responder ao desafio.

Compras
Duas Mulheres, Dois Destinos

Comecei o ano a desgraçar-me. Apanhei este livro num leilão (graças à Denise) e decidi que 11,50 €  (já com portes) era um preço demasiado apetecível para não aproveitar. E cá chegou ele cá a casa e, assim, dar continuidade à minha coleção de livros da autora.

2 comentários:

  1. Está uma pessoa sossegadinha e chega aqui e apercebe-se de que é culpada das tuas desgraças literárias!!
    Concordo contigo, foi uma compra ótima. Quando compro um livro super recente a preços como esse, fico toda contente.

    Em relação ao "O Psicanalista", passei anos a querê-lo. Depois passei anos a tentar comprá-lo; não estava fácil arranjar o livro. Houve uma vez que o comprei na Wook, estava esgotado e até me devolveram o dinheiro. Quando finalmente o encontrei numa feira do livro, naqueles alfarrabistas que nem têm espaço para tirar os livros dos caixotes e tens de estar tu no meio dos caixotes a procurar, dei pulos de contente. Resultado: enfiei-o na estante e ainda não peguei nele!
    Posto isto, sou uma verdadeira vergonha!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste responsável por boas desgraças. Sabes a minha pancada pela autora, por isso fizeste muito bem avisar-me :).

      Eu lembro-me de me contares a situação com a Wook e lembro-me de, na altura de uma troca, ponderamos trocar um dos meus livros por este. Já não me lembrava é de o teres encontrado :).
      Pensa: poderá ser que a minha leitura te anime a pegar imediatamente nele. Não é vergonha nenhuma. Acho que, por vezes, são os livros que escolhem a altura em que devem ser lidos. Em vez de sermos nós a escolhê-los.
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!