sábado, 12 de novembro de 2016

A minha experiência com... | Paulo Coelho


Desta vez decidi escolher um autor que marcou a minha adolescência. Entre os 17/18 anos andei fascinada com os livros deste senhor, porém desde essa altura nunca mais peguei em nenhuma obra.
Não sei se acontece com vocês, mas eu, neste momento, tenho receio de pegar nos livros dele e destruir o encanto que formei naquela altura. 

Será que vou continuar a apreciar a "linguagem" do autor? Será que as estórias dele vão continuar a ter algum impacto em mim? Estas são apenas algumas questões que me coloco a mim própria sempre que pondero pegar numa nova obra de Paulo Coelho. 
O facto é que eu não li muitas obras dele e nem me lembro pormenorizadamente de todas as que li, porém algumas deixaram em mim um encanto especial. Talvez a minha alma sonhadora da altura me fizesse olhar de uma forma diferente para os mundos que Paulo Coelho criou. 

Ao todo, em Portugal estão publicadas 16 obras:
  1. O diário de um mago
  2. O alquimista
  3. Brida
  4. As valquírias
  5. Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei
  6. O monte cinco
  7. Veronika decide morrer
  8. O demónio e a senhorita Prym
  9. Onze minutos
  10. O Zahir
  11. A bruxa de Portobello
  12. O vencedor está só
  13. O aleph
  14. Manuscrito encontrado em Acera
  15. Adultério
  16. A espia
De entre todos estes livros, li apenas 5:
  • Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei
  • Veronika decide morrer
  • O demónio e a senhorita Prym
  • Onze minutos
  • O zahir

Onze minutos foi o primeiro livro que li. Tinha 17 anos na altura e gostei bastante da leitura. Ainda me lembro bem de Maria e das suas aventuras como prostituta. 
Um outro livro que me marcou, mais por abordar a temática da saúde mental, foi Veronika decide morrer. Das poucas coisas que me ficou deste livro foi o final... Fui apanhada de surpresa. 
Dos restantes lembro-me vagamente das narrativas, mas não tiveram a força suficiente de me marcar. 

Dos restantes que já estão publicados, os que me despertam mais curiosidade são: As valquírias, A bruxa de Portobello, Adultério e A espia.

Gostaria de saber se também têm um autor(a) que gostaram em determinado período da vossa vida e depois nunca mais voltaram a pegar nele com medo de não sentirem o mesmo. 
E em relação a Paulo Coelho. Conhecem? O que acham das obras dele?

2 comentários:

  1. Olá Silvana,
    Entre os meus 15 e 20 e poucos anos li Paulo Coelho. Bastante, mesmo.
    Tendo em conta a tua lista, li 11 livros do autor (precisamente os 11 primeiros da lista) e lembro-me que na altura só me faltavam ler as compilações do Maktub e O Manual do Guerreiro da Luz.
    Confesso que depois me comecei a saturar um pouco pois era sempre livros algo espirituais e fui lendo e gostando de outras coisas. Mas ando curiosa com o novo livro, A Espia e talvez tente ler.
    Quanto aos meus preferidos? Talvez O Rio Piedra, Brida, o Alquimista e o da Veronika.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Ui! Já leste imensos livros do autor. Comigo também foi entre essas idades.
      Acho que foi mesmo isso, a saturação da forma como ele abordava as temáticas. :)
      Esse também me desperta curiosidade.
      O da Veronika é fantástico.
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!