quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Palavras Memoráveis


O amor transbordava, vinha por fora, a cada vez que ele era ele, e que ela era ela, a seu lado. Bastava que, em efectivo girasse o mundo e existissem os dois para que o amor dela, por ele, transbordasse.

Célia, Loureiro Correia, O funeral da nossa mãe

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!