quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Opinião | "Verdade Escondida" de Mary Kubica

Verdade Escondida

Classificação: 3 Estrelas

Verdade Escondida marca a minha estreia com a autora Mary Kubica. Não foi uma estreia arrebatadora, porém conseguiu alimentar a minha curiosidade em relação a outras obras da autora. 

O livro traz-nos uma estória complexa com personagens que vão oferecendo intriga e suspense. Ao longo de toda a leitura sabemos que existem muitas pontas soltas que precisam de ser encaixados o que contribui para o levantamento de diferentes possibilidades de resolução de conflitos.

As personagens principais são, na sua maioria, interessantes. Contudo, acho que todas têm o seu quê de anormal o que torna todo o enredo demasiado esquisito. Por exemplo, a Quinn, que poderá parecer normal aos olhos de muitos leitores, é uma rapariga que aparenta algumas falhas emocionais, e que passam de forma bastante concreta (a forma como ela idolatra a Esther, sua companheira de casa, é um pouco asfixiante); ou o Ben, um homem muito ambivalente em relação aos sentimentos que tem pela sua namorada e na amizade que vai mantendo com a Quinn). 

Considero que a narrativa tem um início demasiado lento. Por vezes, sentia-me a ser arrastada ao longo de algumas descrições que não contribuíam muito para a minha assimilação da estória. 
Um aspeto que eu acho que iria valorizar muito o livro era, no final, a inclusão de um capítulo a contar e a descrever melhor a estória passada que acaba por se atravessar no presente das personagens. Dado que o livro vai sendo narrado na primeira pessoa, alternando entre Alex e Quinn, este capítulo adicional poderia ser narrado por uma das personagens a quem a verdade escondida pertence. Penso que até criaria uma dinâmica nova e interessante em toda a estória.
Esta reflexão vem reforçar a minha impressão de que nem tudo ficou explicado e que houve umas coisinhas que ficaram sem resposta.

Tenho mais um livro da autora na estante para ler e confessor que estou com alguma curiosidade para conhecer mais trabalhos da autora. 

Nota: Um agradecimento especial para a editora Topseller que, muito gentilmente, cedeu um exemplar para leitura e opinião sincera aqui no blog.

3 comentários:

  1. Olá Silvana,
    Mesmo sabendo que o livro não te agradou totalmente, é uma autora que tenho muita curiosidade. Talvez um dia leia algo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,

      Sim, deves mesmo experimentar. Aquilo que eu gostei menos foi a forma como ela conduziu a estória.
      Eu também quero ler mais livros dela, para poder formar uma opinião concreta.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Patrícia, isto não é para ti, esquece...muito fraquinho.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!