domingo, 18 de setembro de 2016

Maratona Cineverão | If I stay


Classificação: 5/10 estrelas

If I stay é uma adaptação cinematográfica do livro com o mesmo nome da autora Gayle Forman. Vi o filme sem ter lido o livro. Conhecia a história muito superficialmente e comecei a ver o filme sem qualquer expetativa.

É um filme simpático, mas que não me enche as medidas e grande responsável por isso é a atiz Cloë Grace Morez que interpreta o papel de Mia. 
Mia sofre um acidente de carro e passa por uma experiência de quase morte, ou seja a alma dela fica a pairar sobre a terra, assistindo ao que se passa em redor dela e a recordar como foi a sua vida. No fundo, ela vai procurando motivos que a levem a ficar cá pela terra e não morrer. Apesar de ser uma premissa interessante e que nos leva a refletir sobre o valor que as pessoas e as nossas conquistas têm na nossa vida, a atriz assume uma expressão fastidiosa do principio ao fim do filme. Aquilo que ela deixava sobressair era uma expressão de aborrecimento e de enjoada mesmo em situações em que estava no seu "habitat natural". Dada a sua personalidade mais reservada e introvertida é aceitável que, em situações que fugiam do seu ambiente de conforto, mostrasse o seu aborrecimento, porém eu sentia-a aborrecida em quase 90% das ações do filme.

O filme é emotivo, cativa, somos facilmente arrastados pelos momentos mais críticos, porém não entusiasma o suficiente, nem prende com aquela intensidade que outros filmes já o conseguiram comigo. 

Tenho curiosidade por ler o livro (e os seguintes) para ver como é que a história é narrada e para ver se ficou com outra impressão da Mia. 


4 comentários:

  1. Já li o livro e gostei bastante, mas não vi o filme ainda.
    Tenho acompanhado a tua maratona, vejo que estás entusiasmada :) Penso que não vi nenhum dos filmes que abordaste!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quero ver se leio o livro para fazer a minha comparação :). E tu tens de ver o filme.
      Obrigada. Tem sido bom para aligeirar os dias e criar alguma animação. Acabei por descobrir a paixão pelo cinema e estou mais atenta a aspetos que anteriormente não estava.

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Olá Silvana,
    Este é daqueles exemplos, que nem o livro , nem o filme, me chamam a atenção. E agora depois de ler a tua opinião, ainda fico mais convencida que não faz o meu género.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita!

      É um filme muito juvenil e dado que já vou conhecendo os teus gostos sim, este não será para ti.
      Beijinhos
      Silvana

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!