domingo, 21 de agosto de 2016

Maratona Cineverão | "Belle" e "About time"

8º Filme: Belle
Categoria: Realizado mulher
Classificação: 5 Estrelas

A curiosidade para assistir a este filme surgiu após a publicação da Chris no grupo de facebook para a Maratona Cineverão. Vi o trailer e fiquei com bastante curiosidade em conhecer a história completa.

Belle é um filme que nos deixa conhecer a história de Dido, uma mulher negra, fruto de uma relação entre um oficial da marinha e uma escrava negra. Após a morte da mãe, ela é levada pelo pai até aos avós paterno para que eles assumam o papel parental. É neste contexto que Dido cresce. Aqui recebe uma educação ao nível da nobreza, porém alguns aspetos não lhe são permitidos uma vez que é negra. 

Tendo como pano de fundo a escravatura e o preconceito contra os negros a história desenrola-se acompanhada de discussões, comportamentos preconceitosos e maldosos e reflexões (que acabam por se estender aos espetadores). 

Foi um filme que me surpreendeu bastante. Não esperava algo tão cativante e emocionante. Considero que os atores assumiram o seu papel ao mais alto nível conjugando essa brilhante interpretação com bons cenários, bom guarda-roupa e uma banda sonora de ficar no ouvido.

É muito interessante assistirmos aos dilemas morais de algumas personagens e aquilo que os acontecimentos provocam nelas. 
Apesar de já não vivermos uma época onde já não há escravatura, a questão do racismo continua muito atual. Achei que o filme retratou muito bem a questão do racismos em relação às pessoas negras, quer de forma direta e aberta, quer sob uma forma mais "encoberta" e manifestada através de atitudes. 

É um filme que recomendo a todos os amantes de cinema, em especial aqueles que se interessam por estas questões e gostem de filmes de época.



9º Filme: About time
Categoria: Fantasia
Classificação: 3 estrelas

About time foi o filme que eu escolhi para a categoria "fantasia" devido à presença de viagens no tempo feitas pela personagem masculina. 
Neste filme ficamos a conhecer a história de Tim que, aos 21 anos, descobre que pode viajar no tempo e alterar a forma como alguns acontecimentos decorrem. 

Pessoalmente, esperava mais deste filme. Fiquei um pouco desiludida com a forma como a história foi sendo construída, porque, em algumas momentos se tornou confusa. 
É um filme muito simples, que procura focar-se nas relações e na forma como elas contribuem para a construção da nossa personalidade e como são importantes para a nossa vida.
Há um destaque especial para a relação entre Tim e o seu pai. É aqui que o filme ganha dimensão e emoção. A forma como Tim se preocupa com todos aqueles que estão à sua volta é igualmente enternecedora. 

Gostei da relação entre Tim e a Mary. Acabou por oferecer alguns momentos caricatos e pontuados com situações humorísticas. 

É um filme para ver de forma descontraída e que nos fazem desligar da realidade. Não sendo extraordinário, consegue entreter.

2 comentários:

  1. Olá Silvana,
    Deixaste-me muito curiosa com o filme Belle e vou colocar na lista para ver.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,

      Tens mesmo de ver. Acho que vais adorar o filme. :) Fico à espera da tua opinião.

      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!