sábado, 4 de junho de 2016

TAG | Gatos Literários


Esta TAG foi criada pela Jojo, do blog Os devaneios da Jojo e que relaciona gatos e livros, duas das paixões de muitos livrólicos. Eu gosto muito de gatos, mas a minha paixão é dirigida aos cães. Contudo, isso não me impede de responder a esta TAG.

ESFINGE - Um gato muito meigo e que é usado com frequência na terapia de crianças doentes e idosos. Também é um gatinho muito quente, literalmente. O contacto pele com pele faz toda a diferença. - Escolhe um livro doce que te aqueceu o coração.

Amor à primeira vista de Catherine Anderson
Amor à Primeira Vista (Kendrick/Coulter/Harrigan, #2)
Tenho uma vasta lista de livros que me aqueceram o coração... Não sei porquê, mas hoje foi este que chegou logo ao meu pensamento. É um livro com muito romance, de superação e que nos mostra que quando há amor não há barreiras.

SIAMÊS - Gatos muito curiosos e com um comportamento semelhante ao dos cães. - Escolhe um livro que te deixou curiosa em relação a um tema.

O Regresso de Victoria Hislop
O Regresso

Este livro deixou-me curiosa em relação à Guerra Civil Espanhola. Lembro que na altura em que li este livro ainda fui procurar algumas coisas sobre este período da história espanhola.

AZUL RUSSO - Gatos muito meigos com os seus donos, mas muito reservados na presença de estranhos. - Escolhe um livro que adoraste mas que tens medo de recomendar a alguém.

A mulher do viajante no tempo de Audrey Niffenegger
A Mulher do Viajante no Tempo

Não é um livro muito fácil de ler. Os constantes avanços e recuos no tempo podem ser confusos para alguns leitores, acabando por comprometer a leitura.

GATO DOS BOSQUES DA NORUEGA - Um gato dotado de uma inteligência fora do normal, ainda que muito meigos com os donos, são muito desconfiados com estranhos. - Escolhe um livro que tens medo /desconfiança de ler.

O filho de Thor de Juliet Marillier
O Filho de Thor (Saga das Ilhas Brilhantes, #1)
É um livro que já está na minha estante há muito tempo, mas que estou com algum medo de lhe pegar. Eu tenho uma relação complicada com a fantasia, e apesar de ter gostada de outros livros que li da autora, este não me dá confiança para avançar.

BOBTAIL JAPONÊS - Considerada uma raça "falante" o bobtail consegue emitir toda uma escala de sons, o que leva à crença popular de que é um gato que sabe cantar. - Escolhe um livro que associas a uma música.
Perdidos de Rute Canhoto
Perdidos (Perdidos, #1)
Pela quantidade de vezes que ouvi a música enquanto lia o livro, é inevitável associar este livro à música When the love falls (raining version) de Yiruma.


DEVON REX - A Jojo (criadora da tag) considera que o Devon Rex é um gato lindo, por ser diferente do habitual, com o seu pelo ondulado. - Escolhe o livro mais lindo da tua estante.

O Principezinho de Antoine de Saint.Exupéry
Li este livro pela primeira vez quando estava no nono ano. Entretanto emprestei o meu livro e ele nunca mais foi devolvido... Até que uma pessoa especial me oferece esta edição linda. Sem dúvida que este é o livro mais lindo da minha estante, consegue aliar a beleza física à beleza da história.


EGYPTIAN MAU - Um gato muito lindo e extremamente raro. - Escolhe um livro que nunca emprestarias a ninguém sem antes redigires uma cláusula de responsabilidade.
Não tenho nenhum livro para esta categoria. Com tempo tenho-me tornado uma pessoa menos apegada às coisas materiais. Se um livro foi especial para nós, a história permanece dentro de nós e isso é o mais importante... 

4 comentários:

  1. Olá Silvana,
    gostei muito das tuas escolhas e sim, o Principezinho é um livro absolutamente fabuloso.
    Eu adoro Juliet Marillier, principalmente esses primeiros livros, como esse da duologia Saga das Ilhas Bilhantes, trilogia (a primeira) Sevenwaters e a trilogia de As Crónicas de Bridei.
    Li a Mulher do Viajante do tempo e faça parte do grupo que não gostou muito. Achei a história algo confusa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,

      Obrigada. :)

      Dos livros da Juliet Marillier que já li, só não gostei muito do "Danças na Floresta". Mas, mesmo assim, guardo sempre o receio de não vir a gostar de outros livros. :)

      Sim, a história é um bocado confusa e requer atenção da nossa parte. Daí o medo em recomendá-la a alguém.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Desses todos só li o O Principezinho. Ainda tenho um mundo enorme de literatura por descobrir *_*
    Vou levar a tag ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que todos temos... São tantos os livros já publicados e os que ainda serão publicados.
      Podes levar à vontade. Fico à espera das tuas respostas.

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!