segunda-feira, 9 de maio de 2016

Opinião | "Vidas Suspensas" de Rita Montez

Vidas Suspensas
Classificação: 4 Estrelas

Tomei conhecimento deste livro através do blog da Tita, O Prazer das Coisas, que por sua vez o tinha descoberto através do blog da Isaura, Jardim de Mil Histórias.

Assim que soube da temática que abordava, a violência doméstica, achei que devia ler tendo em conta a minha profissão. 

Neste livro ficamos a conhecer a realidade da violência conjugal e doméstica através dos relatos de doze mulheres. Não fiquei muito impressionada com as situações ligadas aos comportamentos violentos que iam sento apresentados. Assim como não me surpreenderam os comportamentos das vítimas e dos agressores. São histórias que, infelizmente, chegam até nós com muita facilidade. 
Pessoalmente, aquilo que mais me impressionou foi o comportamento de alguns profissionais. A falta de ética, as ideias machistas a insensibilidade perante as vítimas e a má interpretação "do superior interesse da criança" foi algo que me assustou, revoltou e repugnou. Tendo eu uma profissão ligada a esta área fico revoltada com a forma com que assistentes sociais, psicólogos, juízes e advogados lidam com estas vítimas e com todos os processos em que têm de intervir. 

Recomendo a leitura a todas as pessoas, em especial a todos aqueles que lidam com estes casos.


É um livro que vocês podem pedir diretamente à autora através do seguinte e-mail: vidassuspensas16@gmail.com

2 comentários:

  1. Olá Silvana,
    Quem bom que já leste o livro!
    Sim, sem dúvida que impressiona e até nos revolta o comportamento das instituições/profissionais que deveriam ajudar estas mulheres.
    É um livro que toda a gente deveria ler.
    Obrigada pela partilha.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,

      Eu é que agradeço o facto de o teres divulgado no teu blog :).
      Sim, é uma revolta muito grande. Os profissionais como que se desligam dos casos e não demonstram a menor sensibilidade por aquilo que se passa à volta deles.
      Sim, é mesmo um livro para que toda a gente deveria ler.
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!