quarta-feira, 16 de março de 2016

Opinião | "Volto para de levar" de Guillaume Musso

Volto Para Te Levar
Classificação: 3 Estrelas

Volto para te levar é o segundo livro que leio de Guillaume Musso. O primeiro livro que li, Estarás aí? foi uma agradável surpresa e desde aí que fiquei curiosa em descobrir novas obras do autor. Assim, quando parti para a leitura deste livro estava à espera de ser surpreendida. Porém, não fui muito surpreendida. Estes dois livros tem muitas semelhanças no que toca ao desenrolar temporal da ação. 

Esta semelhança na forma como o autor dá corpo à narrativa deixou-me um bocadinho aborrecida. Estava à espera de encontrar algo diferente e que não me transportasse para o livro anterior do autor.
Neste livro a história de Ethan, Céline e Jessie cruzam-se dando voz à importância das nossas escolhas no decorrer da nossa vida. 
Ethan é um psicólogo bem sucedido e que construiu a sua carreira com a sua força de vontade, porém aquilo que sacrificou para lá chegar levou-o ao lado negro da vida, à solidão, ao desespero e aos vícios. Mas o destino e o karma deram-lhe a oportunidade de reescrever um dia da sua vida e, assim, procurar alterar as coisas menos boas que lhe acontecem. Este reescrever permite-lhe desenvolver um autoconhecimento muito importante para alcançar a sua paz interior. 

Gostei das reflexões que somos convidados a fazer à medida que a narrativa avança. Gostei de ver o  modo como Ethan se vai reorganizado e conhecendo de modo a tentar dar um final diferente aquele dia tão pouco comum. 
Gostei de conhecer a Jessie e a Céline. Acho que precisávamos de mais história entre Ethan e Céline para nos sentirmos mais próximos desse amor e, assim, compreender o fascínio existente entre os dois e que o autor tentou passar ao leitor. 
Este facto de segundas oportunidades na vivência de acontecimentos foi o que me deixou mais insatisfeita, porque é o elemento que se aproxima do livro anterior que li. Este facto levanta-me duas questões: até que ponto este autor é criativo? Será que este método narrativo é usado em todas as suas obras? Tenho um livro do autor na estante que me vai permitir responder a estas minhas questões. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!