quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Palavras Memoráveis


Livro: Rosas
Leila Meacham

- Ninguém tem mais amor do que quem dá a vida pelos amigos, sabes?


(...) o que não podes desfazer, tens de aceitar. E na aceitação, em especial se eles forem felizes juntos, encontrarás a graça para perdoares a ti mesmo.


Não havia como prever as caprichosas cartas que a vida podia tirar do baralho, as inesperadas voltas que podia dar.


A memória podia ser uma coisa terrível, um instrumento de tortura que continua o seu trabalho muito depois de o prisioneiro ter cumprido a pena pelos seus crimes.


Não encares ter saudades de dois lugares como um problema. Pensa apenas como és afortunada por teres dois lugares aos quais podes chamar casa.


Aprendera que se se mantivesse deitada, quieta, e esvaziasse a mente, um raio de pensamento racional acabaria por invadir a obscuridade e a melancolia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!