sábado, 28 de novembro de 2015

Opinião | Amor e Enganos (Bridgertons #3)


Amor e Enganos (Bridgertons, #3)



Autora: Julia Quinn
Ano: 2013
Número de páginas: 384 páginas
Classificação: 4 Estrelas
Sinopse: Aqui

Opinião
Este foi mais um livro da série Bridgertons que a Marta do blog I only have teve a amabilidade de me emprestar.
Finalizada a leitura posso dizer que Julia Quinn mantém o seu estilo bem disposto com uma escrita cativante e com uma história envolvente. Contudo é o livro da série que menos gostei até ao momento.
É um livro com menos momentos de humor quando comparadas com os outros e onde a carga romântica procura assumir uma maior destaque.

Amor e Enganos tem um início inspirado na história da Cinderela, mas, na minha opinião, a autora conseguiu enquadrar bem as coisas de modo a criar uma situação muito engraçada aos olhos do leitor. Quando chegamos à segunda parte as coisas ficam um bocadinho diferentes (embora eu sinta algumas semelhanças com os desenhos animados Cinderela que passavam na TVI há uns anos atrás) e assistimos a muitos momentos de interação entre Sophie e Benedict.

[Início SPOILER]
Houve um aspeto da história que me deixou um bocado aborrecida. Do meu ponto de vista acho que a autora foi preconceituosa. Se formos aos livros anteriores, constatamos que para evitar manchar a honra das jovens de boas famílias os casamentos eram logo apressados. Contudo, como Sophie era apenas uma empregada não houve pressa na realização do casamento. Aspeto que não se viu nos livros anteriores, muito pelo contrário, havia que de se manter a virgindade até ao casamento porque eram meninas de boas famílias. Como Sophie era empregada e filha bastarda já ninguém viu nenhum mal nisso.
Eu sei que é importante olhar para a história tendo em conta as circunstâncias da época, contudo penso que este aspeto é pouco correto tendo em conta essas mesmas normas.
[Fim SPOILER]

Apesar deste meu aborrecimento e me ter feito embirrar um bocado com a história, eu gostei bastante do livro. Li-o de forma compulsiva e proporcionou-me bons momentos de leitura. Características às quais Julia Quinn já nos habituou. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!