domingo, 4 de outubro de 2015

Por detrás da tela | Olga


Olga (2004) Poster




Título: Olga
Género: Drama / Biografia / Histórico
Ano de Estreia: 2004
Atores: Camila Morgado, Caco Ciocler, Luís Melo, Eliane Giardini





Olga é um filme brasileiro que retrata a vida de Olga Benário, uma mulher alemã, judia e comunista que persegue os seus ideais numa Alemanha nazi. Os seus ideais comunistas arrastam-na para a União Soviética e é aí que dá início a uma grande aventura da sua vida. Esta aventura leva-a ao Brasil na companhia de um líder comunista Luís Carlos Prestes. 

Descobri este filme por mero acaso e graças à escritora Carina Rosa. No passado sábado, ela apanhou o filme na TV e comentou comigo. Depois de alguma procura, encontrei-o e pelo que li e pela opinião da Carina, decidi que seria um filme interessante para ver. 

Ao início estranhei um bocado por ser brasileiro. Nunca tinha assistido a nenhum filme brasileiro, mas a experiência foi mais do que positiva. Um filme muito bem feito, com interpretações de nos deixar pregados ao ecrã e com um contexto histórico da Segunda Guerra Mundial.


É um filme duro, realista e que mexe com as emoções. É fácil nos apaixonamos pela força de Olga, pela persistência em defender aquilo em que acredita. Ao mesmo tempo sofremos com os momentos menos felizes que ela viveu. Ao longo do filme somos presenteados por um conjunto de frases inspiradoras, ditas por uma mulher que nunca desiste, apesar de todas as adversidades que lhe aparecem pela frente. Nos momentos finais do filme, ela diz "Lutei pelo justo, pelo bom e pelo melhor do mundo." e vai mais além nas suas reflexões, mas eu vou-me ficar por esta para não vos oferecer spoilers


Foi um filme que prendeu toda a minha atenção e que me fez chorar. Fiquei tão curiosa em saber mais sobre Olga Benário e sobre outros aspectos da sua vida que fui pesquisar mais sobre ela na internet. Principalmente, aquilo que me deixou mais curiosa foi saber mais sobre o que aconteceu no futuro a todas as personagens. 
Recomendo este filme a todos aqueles que tenham curiosidade sobre história, em particular sobre o período da Segunda Guerra Mundial e para quem gosta de filmes em que a protagonista é uma mulher cheia de força e personalidade. 

2 comentários:

  1. Olá Silvana,
    Não conhecia este filme. Fiquei muito curiosa e interessada em ver o filme. Acho que vou gostar.
    Beijinho e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura,

      Eu também nunca tinha ouvido falar dele e fiquei agradavelmente surpreendia.
      Acho que o cinema brasileiro é muito pouco divulgado no nosso país. O cinema americano domina e chega-nos com uma maior facilidade do que o dos restantes países. Para a semana sai a opinião a um filme francês.

      Beijinhose

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!