quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Palavras Memoráveis


Livro: Em parte incerta
Gillian Flynn

Os amigos veem a maior parte dos defeitos uns dos outros. Os cônjuges veem tudo, até ao mais ínfimo pormenor.


Disseram-me que o amor devia ser incondicional. É essa a regra, toda a gente o diz. Mas se o amor não tivesse fronteiras, limites, condições, porque é que alguém havia de tentar alguma vez fazer o que é certo? Se souber que sou amada, aconteça o que acontecer, onde é que está o desafio?


O amor devia requerer que ambos os parceiros fossem o melhor possível em todas as alturas. O amor incondicional é um amor indisciplinado e, como todas vimos, o amor indisciplinado é desastroso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!