quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Opinião | A estranha viagem do Senhor Daldry


A Estranha Viagem do Senhor Daldry

Autor: Marc Levy
Ano: 2012
Número de páginas: 240 páginas
Classificação: 4 Estrelas
Sinopse: Aqui

Opinião
A estranha viagem do Senhor Daldry foi o livro escolhido pela Denise para me enviar no âmbito do nosso projeto conjunto.
A Denise sabia que eu já tinha lido outras obras do autor e que tinha gostado, mas como ela partilho comigo que não tinha gostado muito deste foi com poucas expetativas que parti para a leitura.

Como já escrevi em opiniões anteriores, Marc Levy tem uma forma muito própria de escrever e nem sempre as pessoas se sentem cativadas para a leitura. Eu não estranhei nada e posso dizer que gostei deste início e facilmente me senti envolvida pelo espaço narrativo, pelas personagens e pelo mistério que logo desde início o autor foi introduzindo,

São várias as personagens que compõem este livro, mas aquelas que nos prendem mais a atenção são Alice, Daldry, Can e, em certa medida, a vidente que é responsável por lançar todo o mistério. Eu gostei muito de todas as personagens, porque todas elas contribuíram positivamente para o desenvolvimento da ação. Alice, Daldry e Can chegam mesmo a proporcionar-nos momentos verdadeiramente divertidos e que facilmente nos fazem nascer sorrisos no rosto.

Um outro ponto bastante positivo neste livro é a forma como o autor nos descreve os lugares da Turquia e de Inglaterra. Parece que as suas palavras conseguem captar a essência do lugar e que facilmente chegam ao leitor para que ele se aperceba do espaço que rodeia as personagens. Aliada às descrições físicas surgem as descrições olfativas. Sendo Alice uma criadora de perfumes não podia faltar a este livro um toque aromático capaz de proporcionar verdadeiras sensações olfativas.

Aquilo que não gostei tanto foi a forma como o autor concluiu a história. Porém gostei da forma como todos os mistérios se foram desenvolvendo para que todas as pontas soltas fizessem sentido. Apesar de eu ter adivinhado parte do mistério (mais ou menos a meio do livro eu deduzi o que é que aconteceu à Alice no passado) consegui manter-me presa e interessada na história. Porém, o espaço final que o autor concedeu às personagens para que elas se alinhassem soube-me a pouco. Precisa de uma conclusão mais pormenorizada e concreta. Precisava de saber como ficaram os amigos de Alice e aquilo que ela decidiu em relação ao seu futuro. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!