quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Opinião | A Rapariga do Lago


A rapariga do lago

Autora: Carina Rosa
Ano: 2015
Número de páginas: 50 páginas
Classificação: 3 Estrelas
Sinopse: Aqui


Opinião
A Rapariga do Lago é o mais recente trabalho da autora Carina Rosa e que ficou disponível para todos os leitores no passado dia 12 de Setembro. 

Esta novela oferece-nos uma pequena história de amor entre dois jovens com mundo interiores muito semelhantes e ambos apaixonados por duas expressões artísticas bem distintas. 

É uma história onde descobrimos os sentimentos associados ao primeiro amor... Ao amor simples e descomprometido. É um texto romântico e leve que enche o coração do leitor de diferentes sentimentos.

Mais uma vez, a Carina mostra-nos a sua evolução enquanto escritora. Assim, presenteia-nos com uma escrita fluída e cativante que nos faz avançar pela leitura de forma interessada. 

A história de amor que aqui nos é contada é leve, romântica e carinhosa. Pessoalmente, não me senti muito cativada por este universo e por estas personagens. Houve alguns aspetos que não concordei e que achei que poderiam ser retirados. Na minha opinião, um enforque mais conciso no romance dos jovens com outro tipo de explorações seria mais interessante.
Penso que o facto de não simpatizar com a novela poderá prender-se com o facto de aqui estar presente uma história de amor entre dois adolescentes. É uma faixa etária que nos livros não inspira a minha simpatia. Para estas idades, tenho que ler algo muito especial para me conseguir cativar e fazer-me sentir completamente presa ao universo que me é apresentado. 

Porém, aqui assistimos a um estilo mais descontraído da autora, não esquecendo um pequeno toque de dramatismo e intensidade sentimental.

Não amei a história, não vibrei com ela nem com todos os acontecimentos. Contudo, a Carina procurou criar momentos de interação entre os dois jovens pautados pelos sentimentos, diálogos bem estruturados e com momentos de reflexão para cada um dos jovens. Em alguns casos, estes momentos de reflexão acabam por se estender um pouco ao leitor.

Também quero aqui reforçar a determinação e trabalho desenvolvido pela Carina. Eu costumo fazer alguns trabalhos como beta, e posso dizer que a Carina é daquelas que vai à luta, "ouve" com muita atenção aquilo que os/as betas lhe dizem e tem sempre em mente fazer melhor. Por esta humildade, força de trabalho, insistência e vontade de fazer sempre melhor, a Carina merece o respeito daqueles que leem o seu trabalho e merece que mais gente procure ler as suas histórias.
Como a Carina, existem outros autores e autoras portuguesas que se esforçam para que os seus trabalhos cheguem até nós. Por isso, cabe-nos a nós leitores ler os trabalhos deles e divulgá-los. Temos de perder o preconceito de que não há boas histórias de escritores portugueses. Se não formos nós os portugueses a ler, quem o fará? Dêem uma oportunidade aos trabalhos nacionais!

Para quem gosta de histórias de amor queridas poderá gostar de viajar por estas páginas.
Podem adquirir o conto, gratuitamente, no seguinte link:
https://www.smashwords.com/books/view/576633

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!