sexta-feira, 15 de agosto de 2014

TAG | Palavras Cruzadas



Já não sei onde fui desencantar esta TAG. Tenho imensas TAGs atrasadas e nem sempre coloquei o lugar onde a vi pela primeira vez. 

A única coisa que tenho apontada no meu documento de TAGs a responder é que esta foi criada pela Inês do canal Inês Books


1. Vox Populi (um livro para recomendar a toda a gente)
A Filha da Floresta de Juliet Marillier. É um livro que reúne um conjunto de itens que pode agradar à maior parte das pessoas.
A Filha da Floresta  (Trilogia de Sevenwaters, #1)

2. Maldito plágio (um livro que gostávamos de ter escrito)
Os Maias de Eça de Queirós. Um dos clássicos portugueses que mais gosto. 

Os Maias
3. Não vale a pena abater árvores por causa disto
Ao Anoitecer de Susan Minot. Uns dos livros mais confusos que já li.
Ao Anoitecer

4. Não és tu, sou eu (um livro bom lido na altura errada)
Ana Karenina de Leão Tolstoi. É um livro que pretendo reler um dia com mais disposição.
Ana Karenina

5. Eu tentei… (um livro que tentámos ler mas não conseguimos)
Uma Villa em Itália de Elizabeth Edmondson. O início deste livro aborreceu-me tanto que não consegui continuar com a leitura, quem sabe se um dia não voltarei a pegar nele.
Uma Villa em Itália

6. Hã? (um livro que lemos e não percebemos nada OU um livro que teve um final surpreendente)
O Sabor da Vingança de Karen Rose tem um dos finais mais surpreendentes que já li. O livro em si não é dos melhores que li da 

O Sabor da Vingança (Romantic Suspense, #4)

7. É tão bom, não foi? (um livro que devorámos)
São tantos os livros que eu podia colocar aqui nesta categoria que torna difícil a escolha.
Vou escolher um dos meus livros preferidos e que devorei: Segue o Coração, não olhes para trás de Lesley Pearse. É daqueles livros que nos prendem logo desde o início e, inconscientemente, estamos logo evolvidos com todos os elementos que compõem o livro.

Segue o Coração - Não Olhes Para Trás

8. Entre livros e tachos (uma personagem que gostaríamos que cozinhasse para nós)
A Aibeelean do livro As Serviçais de Kathryn Stockett.
The Help

9. Fast Forward (um livro que podia ter menos páginas que não se perdia nada)

Nas asas do tempo de Diana Gabaldon. Tem passagens desnecessárias que só contribuem para que o livro se torne aborrecido em determinados momentos.
Outlander - Nas Asas do Tempo (Outlander, #1)

10. Às cegas (um livro que escolheríamos só por causa do título)
A Praia das Pétalas de Rosa de Dorothy Koomson, porque acho o título poético e eu gosto de poesia.
A Praia das Pétalas de Rosa

11. O que conta é o interior (um livro bom com uma capa feia)
A mulher do viajante no tempo de Audrey Niffenegger. A história é muito bonita, mas a capa é algo medonha e muito triste.  
A Mulher do Viajante no Tempo

12. Rir é o melhor remédio (um livro que nos tenha feito rir)
Amante de Sonho de Sherrilyn Kenyon. Não foi um livro que adorei, porém algumas passagens conseguiram fazer-me rir.
Amante de Sonho (Predador da Noite, #1)

13. Tragam-me os Kleenex, se faz favor (um livro que nos tenha feito chorar)
A Rapariga que Roubava Livros de Markus Zuzak.

A Rapariga Que Roubava Livros

14. Este livro tem um v de volta (um livro que não emprestaríamos a ninguém)
O Grande amor da minha vida de Paullina Simons. Até ao momento é o meu livro preferido e como gosto de, em certos momentos, pegar nele e ler algumas passagens não gosto muito de o emprestar.
O Grande Amor da Minha Vida (O Cavaleiro de Bronze, #1)

15. Espera aí que eu já te atendo (um livro ou autor que estamos constantemente a adiar)
Orgulho e Preconceito de Jane Austen. Já quero ler este livro há imenso tempo e por muitas razão vai sempre ficando para depois. Mas, se tudo correr bem, será a minha próxima leitura conjunta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!