quarta-feira, 23 de julho de 2014

[Opinião] Dias de Ouro (Edilean #2)


Dias de Ouro (Edilean, #2)

Autor: Jude Deveraux
Ano: 2011
Editora: Quinta Essência
Número de páginas: 401 páginas
Classificação: 5 Estrelas

Sinopse
Escócia, 1766. Angus McTern tem tudo o que pode desejar na vida. Embora o avô tivesse perdido as terras e o castelo da família num jogo de cartas quando Angus era pequeno, ele continua a encarar seriamente os seus deveres na qualidade de laird. Por conseguinte, quando a herdeira legítima do castelo — a bonita Edilean Talbot — aparece, a calma existência de Angus fica abalada para sempre… 
No início, Angus trata Edilean com frieza. Ressente-se da educação privilegiada da jovem e sente-se enraivecido pela forma como todo o seu clã parece adorá-la. Contudo, quando a herança de Edilean é roubada e ela precisa desesperadamente da sua ajuda, Angus põe o orgulho de lado. Porém, nem tudo é o que parece, e devido a uma terrível confusão Angus é acusado de se apoderar da herança da jovem. A partir desse momento, a única forma de escapar à perseguição consiste em subir a bordo de um navio na companhia de Edilean. Durante a travessia, o amor começa a nascer entre eles. Contudo, a felicidade é de curta duração pois não é a liberdade aquilo que os espera na América, mas o ganancioso noivo de Edilean, que faz tudo para obrigar Edilean a regressar à Escócia com ele. Porém, o destino volta a reunir Angus e Edilean...

Opinião
Dias de Ouro é o segundo volume da Série Edilean e conta-nos como é que surgiu a cidade de Edilean, palco de todos os acontecimentos da série. Fiquei deliciada com o livros e ainda gostei mais do que o primeiro volume da série, Jardim de Alfazema.

Jude Deveraux consegue entrelaçar neste livro aspectos que o tornam especial. Uma história bem contada com personagens fortes e cativantes, com algum suspense e com um romance faiscante que tanto nos enternece como nos faz rir preenchidos por diálogos doces e divertidos.

Angus é um herói apaixonante. Bondoso e bem-humorado que confia demasiado nas pessoas. Apaixona-se por Edilean, uma jovem que pertence a um mundo social diferente do dele. Aquilo que Edilean faz para mostras a Angus a sua força e a sua fibra fez-me admirar esta mulher. Conseguia responder à letra às provocações de Angus e só houve um momento que que ela ficou sem resposta, mas mesmo assim conseguiu encontrar uma forma de desafiá-lo.

É um livre leve, divertido e com um bom romance. Gostei muito do livro, das personagens, de Angus e Edilean a soltarem o seu amor em forma de faíscas que no fim se tornou num belo fogo de artifício e dos momentos divertidos que foram pautando a história. Adorei os diálogos. Coerentes e bem construídos, capazes de fazer transparecer todas as emoções que as personagens iam sentido. Agora resta-me partir para a leitura dos restantes livros da série e deliciar-me com os acontecimentos na encantadora cidade de Edilean. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!