sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Mentiras Cruéis [Opinião]


Mentiras Cruéis

Autor: Nora Roberts
Ano: 2010
Editora: Chá das Cinco
Número de páginas: 432 páginas
Classificação: 4 Estrelas

Sinopse
Eve Benedict é a última das grandes deusas do cinema, uma sex symbol de voz sensual premiada com dois Óscares, quatro maridos e uma legião de amantes. Não há segredo ou escândalo que desconheça. Agora, Eve decidiu escrever as suas memórias - revelando tudo e expondo todos. Julia Summers é a biógrafa que Eve escolheu pessoalmente para relatar a sua história. Julia detesta o glamour de Beverly Hills, mas adora o seu trabalho - e o lar que construiu com o seu filho de dez anos que cria sozinha. Como poderia recusar esta oportunidade única? Mas o enteado de Eve, Paul Winthrop, desafiará a determinação de Eve em contar a sua história e a de Julia em preservar o seu coração. E à medida que Julia se apercebe até onde os inimigos de Eve estão dispostos a ir para que as suas memórias não sejam publicadas, também descobre que a deusa do cinema esconde um segredo terrível. Tão terrível que, mais do que mudar a vida de Julia, também lhe pode colocar um ponto final.

Opinião
Nora Roberts foi uma das autoras por quem me apaixonei no ano passado e não poderia ter começado 2014 com uma leitura tão agradável.

Mentiras Cruéis é um livro muito ao estilo de Nora Roberts. A autora traz-nos ao mundo glamoroso dos actores de Hollywood, às intrigas e mentiras que povoam este mundo.
Eve é uma mulher que conquistou o seu lugar no mundo do cinema e da representação à custa de muito esforço e sacrifícios. Farta de encerrar em si os segredos dos bastidores da sua fascinante vida, decide contratar Julia, uma escritora conceituada no mundo dos livros biográficos, para colocar no papel todos os acontecimentos da sua vida que acontecera à frente e por detrás das câmaras.

Julia é uma mulher desconfiada, distante daqueles que não conhece verdadeiramente, marcada por um passado difícil que a torna reticente na sua entrega aos outros.
Eve, com o seu modo muito característico de ser, consegue desarmar Julia e começa a construir com ela uma boa relação de amizade. Julia vê-se a baixar as defesas e a dar um pouco de si a Eve, ao mesmo tempo que se apaixona por Paul.

O livro está escrito de uma forma muito interessante e cativante. É fantástica a forma como Nora Roberts entrelaça as vivências, o passado e o mundo de Eve com o romance de Julia e Paul. Ao longo das páginas são muitos os segredos que vão sendo desvendados, uns mais impressionantes do que outros, mas todos dão ao livro um enredo que apaixona os leitores.

Eu gostei bastante do livro, mas não me surpreendeu da mesma forma do que já li anteriormente (daí só ter dado 4 estrelas). Há acontecimentos que nos apanham de surpresa, mas existem outros que são facilmente descobertos e não nos causam o impacto que nos faz abrir a boca de espanto.

Existem falhas na narração, nomeadamente incongruências temporais e acontecimentos que podiam ter aparecido no livro que foram deixados para trás. 
O final também foi pouco explorado, terminando de uma forma um pouco abrupta. Apesar deste aspectos menos positivos foi uma boa leitura.

Boas leituras e deixem-se invadir pelas palavras!

10 comentários:

  1. Ainda não li esse. É daqueles que me deixa vai-não-vai xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas lê... É giro, mas não tão entusiasmante tipo "Jogo de Mãos".

      Eliminar
  2. Olá,

    Apenas tive até ao momento ler um livro da Nora Roberts, A Dama Negra e confesso que foi uma agradável surpresa, tenho mesmo que ver se leio mais um pois escreve bem sem duvida.

    Vejo que tiveste uma boa leitura com este livros :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,

      Ainda não li o Dama Negra, mas de certeza que é uma boa leitura :).

      Sim, tive... Não sei se é a tua onde, mas parece-me que gostas de ler um pouco de tudo.

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  3. A minha parte favorita neste livro foi a relação entre Paul e o filho da Julia, tão queridos *.*

    Não é dos meus preferidos da autora mas é uma boa leitura, sem dúvida :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, Mónica! Adorei estes dois :).

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tenho por ler... A ver se lhe pego este ano.

    ResponderEliminar
  5. Silvana, ainda bem que gostas tanto de NR quanto eu!love it :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Carol! De facto, fiquei encantada com NR :). Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!