domingo, 29 de dezembro de 2013

Incertezas do Coração [Opinião]


Incertezas do Coração

Autor:  Maggie O'Farrell
Ano: 2003
Editora: Editorial Presença
Número de páginas: 296 páginas
Classificação: 2 Estrelas
Desafio: De A a Z...

Sinopse
Considerada uma escritora revelação irlandesa, os leitores portugueses já tiveram oportunidade de ler o primeiro livro de Maggie O' Farrell, intitulado Depois de Tu Partires. Neste novo livro, o talento literário de Maggie volta a expressar-se sobretudo na construção de personagens marcadas pela riqueza de sentimentos que sustentam as relações humanas como a desilusão, os compromissos, o amor, a frustração e a procura pelo amor. Escrito com mestria conduz-nos até à história de Lily, uma das protagonistas, que no momento em que conhece Marcus na abertura de uma galeria, sente-se de imediato atraída por ele, como só o magnetismo das grandes paixões pode provocar. Correspondida no sentimento, Marcus convida Lily a visitar o seu luxuoso apartamento e logo num primeiro momento a dúvida instala-se: outra mulher, uma ex-namorada deixou marcas da sua passagem em toda a casa. Inquieta, Lily acaba por ficar enredada nas teias do passado, transformando as suas reservas numa louca obsessão.

Opinião
Trouxe este livro da biblioteca para completar o meu desafio de A a Z. Nunca tinha lido nada acerca dele, nem nunca tinha lido nada sobre a autora. 

O que é que eu posso dizer acerca deste livro? É que foi uma leitura um tanto ou pouco estranha que me custa escrever um opinião.
Dentro de toda a estranheza causada por este livro, aquela que mais me salta aos olhos é a primeira parte (o livro está dividido em quatro partes). Um aspecto relacionado com a personagem Lily é o responsável por esta confusão. Muito sinceramente, não percebi o sentido desse tal acontecimento, nem percebo muito bem o que ele acrescenta à história.

Numa segunda parte, o livro fica um pouco mais interessante. Conta-nos o nascimento e a evolução de uma relação. Por mim, penso que esta segunda parte do livro, conjugada com mais algumas situações seria suficiente para que os leitores se cruzassem com um bom livro. Markus e Sinead, os grandes protagonistas desta segunda parte, oferecem-nos momentos engraçados, dramáticos e amorosos... Momentos que deixam o leitor preso à história e aos dramas que ambos protagonizam. Apesar de a história de amor entre eles acontecido de uma forma um pouco precipitada, não deixa de ser cativante.

Um aspecto interessante é a forma como o leitor percepciona as personagens. Aquilo que ficamos a pensar deles na primeira parte do livro, é drasticamente abalado com a chegada da segunda parte.

Aidan é a minha personagem preferida. Tem uma personalidade forte e especial e espero que o final dele tenha sido da forma como Lily viu.

O final foi um pouco apressado e inconclusivo. O que me deixou mais satisfeita com este final foi a forma como Lily resolveu a sua vida.

Deixem-se invadir pelas palavras e boas leituras.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!