sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Amar o ódio (leitura-beta) [Opinião]


Amar o Ódio

Autor: Soraia Pereira
Ano: 2013
Classificação: 4 Estrelas

Sinopse
**Capa provisória** **Sinopse provisória** **Romance a Publicar**

Tudo o que precisa para uma noite bem passada é de uma boa luta contra o inimigo, mulheres bonitas no seu encalço e uma dose da sua droga para o ajudar a manter-se ao largo dos pensamentos dos outros.

Magnifico telepata, Luthian tem o poder de perscrutar a mente de praticamente todos os que o rodeiam, até ao dia em que a misteriosa mulher de cabelos loiros e corpo decadente se atravessa no seu caminho e desperta em si a mais terrível das confusões.

Por vezes sentimentos como o amor e o ódio tornam-nos cegos perante as coisas mais óbvias da vida. 
Mesmo que estejam o tempo todo debaixo dos nossos narizes.

Opinião

Antes de começar a escrever o que quer que seja acerca do livro, quero apenas frisar que esta opinião é baseada num livro que ainda está em fase de revisão, ou seja, É TUDO PROVISÓRIO.

Já não e primeira vez que leio algo da Soraia. Mais precisamente, este é o terceiro contacto que tenho com as palavras mágicas da autora. O primeiro contacto foi com o seu livro já publicado, Ligação (opinião aqui) e  a partir surgiu o convite para leitora-beta. Desde aí, já li as primeiras páginas de um outro trabalho que ainda está em fase de desenvolvimento, conheci pessoalmente a Soraia e terminei a leitura do Amar o ódio. Na altura em que li aquelas páginas do seu novo trabalho, disse à Soraia que tinha notado uma enorme evolução no processo de escrita e na forma como ela conduz a narrativa. Mas se ainda restassem dúvidas da evolução da Soraia enquanto escritora, Amar o ódio veio deitá-las por terra. 

Soraia soube aproveitar muito bem as opiniões ao seu primeiro livro que lhe iam chegando. E porquê? Porque colocou em prática no sentido de melhorar tudo o que escrevesse em seguida. Assim, neste livro nota-se que a autora já não teve pressa em apresentar-nos a história e os factos, conseguiu criar diálogos bem construídos, com sentido e com o seu toque de humor (característica que já nos havia habituado, mas confesso que neste ainda está melhor). Conseguiu, igualmente, transpor para o papel um bonito romance que se vai desenvolvendo de forma cativante e envolvente e onde as emoções são facilmente detectadas. 

Em relação às personagens, a Soraia possibilita-nos um bom acesso às suas características psicológicas, apesar de abusar um pouco nas descrições físicas. Dá-nos conteúdo suficiente para as percebermos e para nos sentirmos parte delas. Os cenários de iteração entre estas mesmas personagens são bastante bem criados, onde as descrições se ajustam àquilo que o leitor precisa de saber  para criar o sua imagem mental, ao mesmo tempo que deixa espaço à nossa imaginação. 
Adorei a mudança comportamental de Luthian e fiquei ainda mais curiosa em relação ao A'larick

Em relação aos aspectos que necessitam de ser mais trabalhados estes prendem-se com a correcção de pequenos erros e de confusões no uso dos verbos. No que diz respeito ao conteúdo da história, apenas destaco a forma como a Soraia conduziu as atitudes de Luthian. Ele é demasiado inteligente para que certas coisas lhe tenham escapado, compreendo que tenha sido para criar curiosidade e arrastar um bocadinho mais o romance.

Não me vou alongar mais na minha opinião. Para a Soraia foi uma opinião, mais elaborada e cheia se spoilers, esta opinião aqui no blog é apenas uma forma de partilhar com vocês o trabalho de uma jovem autora em crescimento, e deixar-vos curiosos para aquilo que ainda podem encontrar nos livros da Soraia. Espero que este livro venha, o mais depressa possível, parar as estantes de muitos portugueses e que seja um sucesso. 

A Soraia já deu uma entrevista aqui para o blog. Podem lê-la aqui. E esta semana deu uma outra entrevista para o blog Páginas Encadernadas (aqui).

Caso queiram acompanhar a autora, podem fazê-lo através do seu blog.
Deixem-se invadir pelas palavras e boas leituras.
Silvana 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!