sexta-feira, 25 de outubro de 2013

A Princesa de Gelo (Patrik Hedström #1) [Opinião]


A Princesa de Gelo (Patrik Hedström, #1)

Autor: Camila Läckberg
Ano: 2009
Editora: Oceanos
Número de Páginas: 399 páginas
Classificação: 4 Estrelas

Sinopse
De regresso à cidadezinha onde nasceu depois da morte dos pais, a escritora Erica Falk encontra uma comunidade à beira da tragédia. A morte da sua amiga de infância, Alex, é só o princípio do que está para vir.

Com os pulsos cortados e o corpo mergulhado na água congelada da banheira, tudo leva a crer que Alex se suicidou. 

Quando começa a escrever uma evocação da carismática Alex, Erica, que não a via desde a infância, vê-se de repente no centro dos acontecimentos. Ao mesmo tempo, Patrik Hedström, que investiga o caso, começa a perceber que as coisas nem sempre são o que parecem. Mas só quando ambos começam a trabalhar juntos é que vem ao de cima a verdade sobre aquela cidadezinha com um passado profundamente perturbador…

Opinião
A minha leitura de policiais começou através de uma grande amiga minha. A J. é viciada em policiais e até há bem pouco tempo era o único género que ela lia. Foi engraçada a forma como o meu contacto com os policiais se iniciou. Ela emprestou-me um e disse que me tinha trazido algo para me impressionar (o livro foi o Postmortem de Patricia Cornwell ), mas tal não aconteceu. Não tinha achado o policial assim tão pesado como ela me fez parecer. Disse-lho, e então ela fez questão de me emprestar o policial que, até hoje, mais me impressionou em termos de originalidade dos factos, descrições capazes de originar náuseas e com um desenvolvimento narrativo viciante. E foi assim que me aventurei por este género literário do qual fiquei a gostar bastante. Por isso, sempre que surge uma oportunidade de ler, de forma a variar um pouco as minhas leituras, aproveito e deixo-me levar pelas palavras, elaborando as minhas próprias teorias e tentando criar a minha própria lista de suspeitos e identificar o responsável pelo crime. Se os policiais tiverem um bocadinho de romance à mistura ainda melhor!!!

Neste livro, A princesa de gelo, tem um crime que não é nada de extraordinário em termos de descrições macabras. Tem romance entre o policia Patrik e a pessoa que descobre o cadáver, Erika. Do meu ponto de vista, este romance merecia ser mais explorado. Carece de pontos de interacção e diálogos mais profundos  entre eles, diálogos que extrapolem a questão do mistério policial em volta de uma morte, para que seja possível conhecê-los um pouco mais para além do que é óbvio. Como o livro faz parte de uma série, fico a aguardar com expectativa o que é que os próximos livros nos reservam em relação a estes dois.

De todos os aspectos do livro, aquilo que mais gostei foi a teia relacional criada em termos da vítima mortal e de todas as outras personagens que compõem a história. Os segredos familiares, as omissões, as fugas, foram aspectos que sempre intrigaram os habitantes daquela localidade. Está tudo bastante bem construído e capaz de apanhar o leitor de surpresa (embora houve alguns aspectos, que por dedução foi fácil lá chegar).

No que diz respeito ao final da história houve aspectos que me deixaram insatisfeita. Ficaram algumas pontas soltas, nomeadamente a relação Erika / Patrik; Erika / Anna (irmã de Erika) e entre Anna / Lucas (marido de Anna). Mas como já referi anteriormente, este é apenas o primeiro livro da série, pode ser que os seguintes nos tragam mais desenvolvimentos.

Queria ainda destacar que gostei muito do título, da localidade e do país onde tudo aconteceu. Apesar de nunca ter visitado sou uma apaixonada pelos países nórdicos. Gostaria muito de os conhecer quer no Inverno quer no Verão. No Inverno por causa da neve e do frio (eu sei que é um frio cortante, mas isso não me demove); e no Verão para poder assistir ao sol da meia noite. Apesar de me ir sentir uma "anã" no meio daqueles "gigantes" nórdicos iria adorar poder visita cada um deles. Não vos consigo explicar este meio fascínio, talvez seja pela magia e pela paz que as imagens destas cidades me transmitem... No Verão são os verdes e no Inverno as pálidas paisagens brancas... Sim, sou uma fã do frio e do Inverno, mesmo que este seja rigoroso.

Deixem-se invadir pelas palavras e boas leituras. 

8 comentários:

  1. Concordo a 100% com a tua opinião:) Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Catarina! Já leste o volume seguinte. Quando fui devolver este à biblioteca andei atrás do outro, mas estava requisitado :/. Beijinhos

      Eliminar
    2. Tenho o 4 na prateleira à minha espera mas queria ir por ordem (engano-me sempre a comprar!:P). Tenho de arranjar o #2.

      Eliminar
    3. Eu também gosto de ler por ordem, mas nem sempre é possível! A biblioteca por vezes tem as séries todas incompletas :(

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Espero que gostes :). Vale a pena ler este livro! Beijinhos

      Eliminar
  3. Concordo plenamente com a tua opinião, também gostei bastante desta obra :)
    Já tenho o 2º da coleção na estante à espera da sua vez *.*

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que tenho bastante curiosidade em relação ao próximo volume! Para a semana tenho de ir à biblioteca, se ele lá estiver já o trago! Fico à espera da tua opinião. Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!