domingo, 29 de setembro de 2013

Sedução Intensa (Série Wallflowers #2) [Opinião]


Sedução Intensa (Wallflowers, #2)

Autor: Lisa Kleypas
Ano: 2012
Número de páginas: 352 páginas
Editora: 5 Sentidos (Porto Editora)
Desafio: De A a Z...

Sinopse
Quatro jovens da sociedade elegante de Londres partilham um objetivo comum: usar os seus encantos femininos para arranjarem marido. E assim nasce um ousado esquema de sedução e conquista. Num refinado baile londrino, Lillian Bowman depressa descobre que a sua educação tipicamente americana não está propriamente na moda. E encontra no insuportável Marcus, Lord Westcliff, o seu crítico mais implacável. Pena seja um excelente partido... Quando Lillian cai acidentalmente nos braços de Marcus, vê-se consumida e chocada por uma súbita paixão por um homem que julgava detestar. O tempo parece parar e o corpo da jovem cede ao erotismo do momento, descobrindo sensações que nem sonhava existirem... Marcus conhecido pela sua constância, também se vê perdido num turbilhão sensual. Cada toque de Lillian é pura tortura, cada beijo o faz gemer por mais. Mas como pode ele pesar aceitar uma mulher tão pouco adequada para sua noiva?

Opinião
Sedução Intensa é o segundo livro da série Wallflowers. Não li o primeiro volume para poder fazer uma comparação, mas posso dizer que este livro é bastante bom. Uma narrativa dinâmica que consegue cativar o leitor e deixá-lo curioso em relação à trama que se vai desenvolvendo.

O casal protagonista deste livro, Lillian Bowman e Lord Westcliff é fantástico. Começam com um certo atrito entre eles, mas a relação evolui de forma de uma forma divertida. Gostei muito da Lillian e da sua personalidade vincada. Uma mulher com um pensamento que nem sempre se ajusta à época em questão, assim como Lillian assume-se como uma mulher em que o recato não fazia parte do seu vocabulário nem do seu modo de vida.

Um aspecto negativo que destaco tem que ver com o uso do nome de uma das irmãs de Marcus. Numa parte do livro surge o nome Lívia e numas páginas mais à frente aparece Olívia. Penso que existe aqui uma falha na clarificação do nome, confesso que cheguei a ficar confusa e a reler as partes de modo a saber de quem se estava a falar. 

O final para cada uma das personagens centrais é previsível, mas está apresentado de uma forma que não o torna aborrecido, nem banal. Para além da concretização da história do casal principal a autora ainda nos deixa em suspense para o volume seguinte. A Evie surpreendeu-me.  

Boas leituras e deixem-se invadir pelas palavras.
Silvana

6 comentários:

  1. Ainda bem que gostaste ^^ é dos meus preferidos da série!
    Quanto à tua questão, mesmo no original aparecia Livy (acho) ou Olivia. De qualquer maneira havia o nome e o diminutivo e é por isso que aparecem essas 'inconsistências' ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu também pensei que também seria um diminutivo. :)

      Eliminar
  2. ola Silvana!feliz por estar de volta!confesso que já tinha muitas saudades disto de tudo e claro do teu cantinho! espero que esteje tudo bem contigo. Fico muito feliz pelas tuas leituras :) tenho de comentar!beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carol :)
      Que bom que já voltaste :)... Senti a tua falta pores estes lados ;). Está à vontade para comentar e dizeres o que quiseres :)...
      Está tudo, mais ou menos na mesma :)
      Obrigada! Beijinhos

      Eliminar
  3. ando a pensar em ler essa saga e agora com a tua opinião, fiquei mais intrigada
    é sempre um prazer te ler :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho mesmo que deves ler Maria João! Ainda só li este, mas fiquei muito curiosa quer para o anterior quer para o seguinte.

      Obrigada! Fico feliz por saber que as minhas opiniões agradam às pessoas que por aqui passam.
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!