sexta-feira, 21 de junho de 2013

Poetic Dreams

Amor Após Amor

Tempo virá
em que, jubiloso,
saudarás a tua própria chegada
à tua própria porta, no teu próprio espelho,
e cada um sorrirá às boas-vindas do outro

e dirá: Senta-te aqui. Come.
Amarás de novo o estranho que foi o teu eu.
Darás vinho. Darás pão. Devolverás o teu coração
a si mesmo, ao desconhecido que te amou

a tua vida inteira, a quem ignoraste
a favor de outro, que te conhece de cor.
Tira as cartas de amor da estante,

as fotografias, os bilhetes desesperados,
retira a tua própria imagem do espelho.
Senta-te. Banqueteia-te com a tua vida.

               Derek Walcott (retirado do livro A mulher do viajante do tempo)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!