quinta-feira, 27 de junho de 2013

Palavras Memoráveis

Ela sentia o mesmo. Com o máximo de profissionalismo possível, Paris perguntou:
- Ouvinte, quer fazer um pedido?
- Por acaso até quero.
- Estou a ouvir.
- Ama-me, Paris.
Ela fechou os olhos e susteve a respiração por uns momentos, depois disse em voz baixa mas enfática:
- Amo. Também te amo.


Sandra Brown, Uma voz na noite

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!