sexta-feira, 1 de março de 2013

Nómada (The Host #1) [Opinião]


Nómada

Autor: Stephenie Meyer
Ano: 2008
Editora: Edições Gailivro
Número de páginas: 836 páginas
Classificação: 5 Estrelas

Sinopse
Melanie Stryder recusa-se a desaparecer.
O nosso Mundo foi invadido por um inimigo invisível. Os humanos estão a ser transformados em hospedeiros destes invasores, com as suas mentes expurgadas, enquanto o corpo permanece igual. 
Quando Melanie, um dos poucos Humanos "indomáveis", é capturada, ela tem a certeza de que chegou o fim. Nómada, a alma invasora a quem o corpo de Melanie é entregue, foi avisada sobre o desafio de viver no interior de um humano: emoções avassaladoras, recordações demasiado presentes. Mas existe uma dificuldade com  que Nómada não conta: o anterior dono do corpo combate a posse da sua mente.
Nómada esquadrinha os pensamentos de Melanie, na esperança de descobrir o paradeiro da espécie humana. Melanie inunda-lhe a mente com visões do homem por quem está apaixonada - Jared, um sobrevivente humano que viva na clandestinidade. Incapaz de se libertar dos desejos do seu corpo, Nómada começa a sentir-se atraída pelo homem que tem por missão delatar. No momento em que um inimigo comum transforma Nómada e Melanie em aliadas involuntárias, as duas lançam-se numa busca perigosa e desconhecida do homem que amam.

Opinião
Confesso que fiquei positivamente surpreendida com esta leitura. Tinha algumas expectativas em relação a Stephenie Meyer por causa da Saga Twilight, mas acreditem que todas elas foram superadas. Eu esperava algo do género da Saga, mas o livro não tem nada que ver com vampiros e romances adolescentes. Em vez disso, encontrei um livro onde a criatividade, o suspense, a aventura, o amor, a amizade e a luta pela sobrevivência se unem para oferecer ao leitores momentos de leitura compulsiva.

A minha leitura compulsiva só começou a acontecer ao fim de algumas páginas. Inicialmente estava com alguma resistência ao livro e à história, mas esses são os meus sérios problemas com fantasia. Necessito de uma boa dose de persistência para avançar no livro e conseguir entrar naqueles mundos brutalmente bem elaborados. Sei que é nos livros de fantasia que se encontra grande parte da criatividade de um escritor, contudo pessoalmente tenho algumas dificuldades em me identificar com alguns livros deste género literário (tenho de tentar mais vezes e ser mais persistente). 
Apesar desta minha resistência inicial, depois de integrada na narrativa tinha sérias dificuldades em desprender-me das aventuras, desafios e dilemas que assombravam a vida de Nómada, um ser diferente dos humanos, mas com um coração e uma bondade muito superior à de muitos humanos. 

Nómada era uma alma  hospedeira de um corpo humano. Contudo, as memórias, vivências e sentimentos do corpo humano que foi ocupado por Nómada continuam presentes e atormentam a estabilidade emocional que a alma procura. Não é fácil para Nómada lidar com coisas que ela desconhece, mas a sua bondade leva-a a aliar-se a Melanie (a dona do corpo hospedeiro) e parte à procura dos Humanos que Melanie ama e que Nómada passa a amar também. Parece um pouco confuso, não é? Mas depois de mergulharmos intensamente na história conseguimos compreender tudo com mais clareza. 

Depois de Nómada encontrar os humanos, a narrativa entra numa fase cheia de acontecimentos, aventura e uma verdadeira luta pela sobrevivência. Para além disso, há a integração de Nómada, alguém diferente e "anormal" para a espécie humana. Ela luta para conseguir ganhar a confiança e o respeito por aqueles humanos. Todos estes capítulos são frenéticos! Quase que nos sentimos no papel da Nómada e de todos aqueles humanos que vivem afastados do mundo que conheciam.

O final do livro surpreendeu-me. Não estava à espera que acontece-se aquilo que aconteceu. Foi diferente daquilo que tinha imaginado, e eu tinha imaginado situações diversas uma vez que com o desenrolar da narrativa nos surgem diferentes perspectivas daquilo que possa vir a acontecer. Gostei de como as coisas terminaram, apelando ao sentimento e à emotividade. 

É um livro com um bom equilíbrio entre as temáticas. Não existe fantasia, romance e aventura em forma exagerada. Todas estas componentes equilibram-se oferecendo aos leitores muito mais do que a Saga Twilight ofereceu. Toda a narrativa faz-nos pensar e questionar sobre a existência humana, sobre as nossas próprias limitações sobre a aceitação de alguém diferente, de alguém a quem chamamos "anormal". As personagens mostram-nos que é importante olhar mais além, olhar para o interior dos outros e ver que apesar de diferentes podem oferecer-nos coisas magníficas e aprendizagens únicas.

O menos positivo do livro são a existência de algumas gralhas ao nível da escrita (vogais a menos e palavras que não estão de acordo com a frase) e a explicação de um acontecimento no final do livro. Este acontecimento não está muito bem explicado podendo levar à confusão do leitor. Mas não são aspectos graves pois não prejudicam a boa compreensão da narrativa.

Boas leituras e deixem-se invadir pelas palavras!
Silvana

21 comentários:

  1. Tinha-o aqui na prateleira (foi uma prenda) mas como nunca gostei muito de Twilight estava com muita pouca vontade de lhe mexer:P A tua opinião faz-me olhar para o livro com outros olhos..vou dar-lhe uma oportunidade!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te vais arrepender Catarina! É muito diferente da Saga! Espero sinceramente que gostes... Fico a aguardar a tua opinião!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Li-o há anos atrás e adorei. É o meu preferido da autora [e eu li-o na altura da febre do Twilight, da qual também 'padeci'] xD

    Ouvi dizer que ia haver continuação, mas até agora nada -.-'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Eu li a saga toda em Agosto de 2011. Gostei, mas este supera em muitos aspectos aquela saga!

      A sério?!! Eu quero continuação (cof... cof...)
      Para já, só filme que deve estar para sair. Embora esteja muito apreensiva com o filme! Como é que eles vão colocar 836 páginas fantásticas em mais ou menos duas horas?! :S

      Eliminar
    2. Eu também queria ;_;

      Do filme estou apreensiva é com o casting :/ O livro é grande, mas se for bem trabalhado condensa-se bem porque há partes que são vagarosas [pelo menos do que me lembro] que podem ser representadas em poucos minutos

      Eliminar
    3. Eu já fui espreitar o trailer e gostei dos actores escolhidos para Nómada/Melanie e para o Jared! Estou curiosa em relação aos outros, principalmente para o Jeb e para Ian... Vamos ver o que surge. Sim, a parte inicial é muito vagarosa... Aquilo demora a entrar nas melhores partes, mas também é essencial para perceber aquilo!
      Tens aqui o trailer se quiseres ver: http://www.youtube.com/watch?v=i43k3-haZ6I

      Eliminar
    4. Já tinha visto, obrigada :) Acho-os demasiado jovens :/

      O Ian é uma decepção ;_; Não é nada parecido ao do livro

      Eliminar
    5. Hum... Talvez, mas eu no livro também fiquei com a sensação que eles eram muito novos!

      Eliminar
    6. Acho que a Mel tinha 27 e os outros eram mais velhos... tirando o irmão, claro

      Eliminar
    7. A Mel tinha 17 e o Jared 27 quando se conheceram! Depois confesso que perdi um pouco a noção temporal dos acontecimentos!

      Eliminar
    8. Certo! Eu sabia que ela era adolescente quando o conheceu... mas no mínimo dos mínimos tinha 24 quando se reencontraram. De qualquer maneira, pode ser que resolvam as idades com maquilhagem e roupa ^.^

      Eliminar
  3. Olá, boa tarde!
    Adoro este livro, vai agora sair no cinema, penso que este mês. A Stephenie Meyer é uma escrita versátil, realmente, todos os seus livros são fantásticos!
    beijinhos e boas leituras**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carolina,
      Também acho que o filme sai este mês. Concordo contigo em relação à Stephenie Meyer embora agora (depois de ler outras coisas sobre vampiros) ache que a saga Twilight não seja muito original, mas lê-se bem!
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá Silvana,
    sua resenha sobre a hospedeira está ótima parabéns!!! E com certeza, vou ler o livro. Confesso q tentei ler o livro, mas o achei chato, mas acho q foi falta de persistência da minha parte, vou tentar de novo! :D
    VC já conhece meu blog, está n inicinho, mas está bacana, vou deixar meu link aqui, para vc me visitar e fazer comentários, pois tem coisas novas por lá, espero q goste!.http://amandatrindadepalavrasaovento.blogspot.com.br/
    Aguardo um comentário seu! Abraço e boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Amanda,
      Bem-vinda :)! Obrigada. Sim, este livro precisa de uma certa persistência inicial. Depois de passadas as primeiras cem páginas somos completamente absorvidos pela leitura.
      Boa sorte com o teu blog! Sim, irei passar por lá! Beijinhos e Boas leituras.

      Eliminar
  5. Eu sabia que ias gostar! Esse livro não consegue deixar ninguém indiferente e também gostei muito mais dele do que a Saga do Crepúsculo.
    Não sabia que ia haver filme :O
    Mas que boa notícia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Não deixa mesmo! Tem uma mensagem de fundo única.
      Sim vai haver filme... Acho que é este mês que chega até nós (mas não tenho a certeza).

      Eliminar
  6. Olá!=D

    Apesar de gostar da saga Crepúsculo, ainda bem que não é parecido com ela.. É bom para a escritora e para os leitores para não ficarem saturados!xD
    Gostava muito de ler esse calhamaço!=p

    Bjinhos e boas leituras!**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ghost :)
      Sim, é verdade. Se fosse mais do mesmo os leitores acabariam por desistir!
      Deves ler, acho que vais gostar!
      Beijinhos e Boas leituras!

      Eliminar
  7. Também já li este livro e fiquei incrivelmente surpreendida.. O final foi uma coisa que não estava á espera

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :). É um livro diferente daquilo a que a autora nos tinha habituado. bjs

      Eliminar

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!