quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Um "Amo-te" universal

Dizem que hoje é o dia de celebrar o amor! Pergunto, só hoje? Na minha opinião não deveria haver dias para celebrar o que quer fosse... Devíamos todos os dias. 
Não festejo o dia dos namorados, mas há uns (muitos anos) encontrei um artigo no jornal Correio da Manhã que guardei por achar engraçado. Há uns dias encontrei-o e decidi partilhá-lo com vocês.

Amo-te é uma expressão universal. Não há país no mundo cujo vocabulário não a inclua. Ainda que se ofereça à pessoa amada os mais diversos presentes, ela não ficará indiferente a esta expressão. Estas são algumas das fórmulas, cujo significado é o mesmo, para dizer do seu afecto à pessoa amada.

 Árabe   Ana behebak (masculino)                                                 
             Ana behebik (feminino)   
                         
Grego actual  S'ayapo (lê-se: sagapo)

Italiano Ti amo  

Chinês  Goa ai li (Amoy)                                                                                          
             Ngo oi ney (Cantonês)

Dinamarquês  Jeg elsker dig   
                                                                           
Norueguês  Eg elskar deg

Holandês  Ik hou van je                                                                            

Alemão  Ich liebe dich  
                                                                
Sueco  Jag aelsker dig

Coreano  Tangsinul sarang ha yo   

Japonês  Kimi o ai shiteru 

Espanhol   Te amo

Filipino   Mahal Kita

Irlandês   Taim i'ngra leat  

Russo   Ya tyebya lyublyu

 Correio da Manhã, 15 de Fevereiro de 1998

O amor é o tema para muitos escritores, músicos, pintores, cineastas.... É talvez o tema mais tratado a nível mundial. O amor é uma parte integrante da nossa vida. Além de expressar-se em diferentes línguas pode, igualmente expressar-se de diferentes formas. Nunca deixem passar a oportunidade de mostrarem o vosso amor àqueles que mais gostam.

Amei ontem, amo hoje, amarei amanhã!


2 comentários:

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!