segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Fazes-me Falta - Opinião



Autor: Inês Pedrosa
Ano: 2002
Editora: Publicações Dom Quixote
Número de Páginas: 221
Classificação: 2 Estrelas
Desafio: Novos autores (2/15)
               Ler em Português de Portugal (1/12)
               De A a Z... (2/26)

Sinopse
Contado em duas vozes - uma delas a de alguém que acaba de morrer - Fazes-me Falta entrecruza o olhar de duas gerações, e traça a história de uma amizade profunda e sem ponto final, com todas as suas reminiscências, remorsos e tesouros. Após a vertiginosa viagem ao cento do coração que é A instrução dos Amantes, e a descoberta da intimidade no século XX revelada pelas três mulheres de Nas Tuas Mãos, Inês Pedrosa debruça-se sobre a vida, a morte, o irreparável, num romance de grande intensidade poética que nos conduz ao mundo dos sentimentos imortais.

Opinião
Não tenho muito para falar sobre este livro. À parte de um conjunto de frases bonitas ficou muito à quem do que eu esperava quando li a contracapa. Faltou-lhe algo que nos motive para  a leitura. No fundo, parece uma conjunto de ideias soltas e, por vezes, com uma linguagem um pouco snobe, que não promovem o interesse do leitor.

Inês Pedrosa quis transmitir o vazio que a morte de um amigo muito especial provoca no ser humano. Assim, temos uma senhora jovem que morre e um amigo mais velho que fica sem chão assim que ela deixa a vida terrena. Confesso que a ideia de base do livro é muito interessante, mas a abordagem da escritora e a sua forma de escrever não tornaram reais as potencialidades desta ideia original.

Por vezes, senti-me um pouco confusa com a leitura porque algumas partes do texto me pareciam um pouco descontextualizadas. Na minha opinião, uma apresentação das personagens e uma clarificação de alguns aspectos do livro poderiam tê-lo tornado mais interessante.   

Apesar deste meu primeiro contacto com a escritora não ter sido muito feliz ainda penso dar-lhe uma segunda oportunidade. Por isso aceito sugestões desse lado :)

Deixem-se invadir pelas palavras e desfrutem de umas boas leituras.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!