segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Lua-de-Mel em Paris

Sinopse
Paris, a cidade mais romântica do mundo, é palco de luas-de-mel de sonho e de paixões recentemente descobertas. E para Lara Lewis é o lugar onde ela e o marido viveram o amor no seu melhor. Mais de vinte anos depois, Lara deseja reacender a chama do seu casamento e planeia uma aventura romântica para os dois: reconstituir todos os momentos da sua idílica lua-de-mel em Paris e pela França, visitar os mesmos lugares, comer nos mesmos restaurantes, explorar as mesmas aldeias mágicas. Porém, quando o marido lhe diz, à última hora, que existe outra mulher na sua vida, o coração de Lara quase se estilhaça em mil pedaços.
Algures na estrada da vida, Lara perdeu-se a si própria. Agora, terá de descobrir um novo rumo para a sua existência. Inesperadamente, Lara dá um passo ousado e convida um homem, mais novo e com quem ela acaba de se envolver, para fazer a tão desejada segunda lua-de-mel. O que se segue é a história de dois apaixonados errando pela França numa louca aventura romântica, que se inicia com voos perdidos e bagagem extraviada e termina como sendo a viagem de uma mulher para se encontrar a si própria e ao amor que lhe escapou a vida inteira.
Lua-de-mel em Paris é uma incursão apaixonante pelos sabores, sons, paisagens e aromas de França e a história de uma mulher que se reconcilia com o seu passado e se converte na mulher que sempre desejara ser.


Opinião
Este livro conduz-nos por uma envolvente viagem por Paris e enlaça-nos na vida de personagens carregadas de estórias, amor, traição, tristeza e fragilidade...
Lara Lewis, com 45 anos, vê o seu casamento a desmoronar-se. O marido Bill, trai-a com uma assistente e ela começa a questionar todos estes anos de casamento... Procura na sua mente, vagueando ao pelas suas memórias em busca de momentos felizes, de dificuldades ultrapassadas, de companheirismo... Contudo, aquilo que encontra nesta busca pela sua própria identidade traz-lhe um sabor amargo. Em paralelo com  esta procura, Lara Lewis apaixona-se por Dan com quem passa belos momentos a re-descobrir os fantásticos lugares franceses.
A leitura deste livro revela-se bastante agradável com o desfolhar de folha após folha... Não nos leva às lágrimas, mas deixa-nos entrar na mente de alguém que tem de superar uma traição. As fantásticas descrições que a autora faz das paisagens, monumentos, casas, castelos e vilas franceses absorvem a nossa atenção, fazendo com que, por breves momentos, a nossa imaginação transporte o nosso ser para esses mesmo locais. Por este motivo, destaco este aspecto como o grande ponto positivo deste enredo.
Porém, nem tudo neste livro sossegou a minha mente inquieta.... Houve algo que a perturbou, deixando-me um pouco aborrecida com a personagem de Lara. Os momentos de descoberta que ela ia fazendo, por vezes, não deixava com que ela evolui-se psicologicamente. Não permitia que ela se começasse a valorizar enquanto pessoa, enquanto ser humano independente, com vontade própria, capaz de ultrapassar os seus obstáculos de cabeça levantada... No fundo, Lara só se sentia valorizada na presença de uma figura masculina, neste caso de Dan que veio substituir o marido traidor Bill. Para mim, assume-se como o ponto negativo do livro.
Este foi o primeiro livro que li desta autora e que despertou a minha curiosidade para a leitura de outras obras por ela escritas. Sedutor, é uma palavra que descreve bem este livro, uma vez que seduz o leitor para a descoberta da intensa paixão que vai desabrochando entre Dan e Lara em paralelo com todos os dramas que esta vai vivênciando ao longo do livro.

Boas leituras :) 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!