domingo, 13 de novembro de 2011

Um dia (David Nicholls)


Sinopse
Vinte anos, duas pessoas, um dia
15 de Julho de 1988 Emma e Dexter conhecem-se na noite em que acabaram o curso. No dia seguinte, terão de seguir caminhos diferentes.
Onde estarão daí a um ano? 
E no ano depois desse? E em todos os anos que se seguirão?
Podemos viver toda uma vida sem nos apercebermos de que aquilo que procuramos está mesmo à nossa frente.

Opinião
O livro é simplesmente emocionante! É um livro com a capacidade de levar  às experienciar as mais diversas emoções! Se num capítulo é fácil chegar às gargalhadas, no próximo as lágrimas limpam o resto do sorriso de um capítulo anterior!
É um livro que fala, essencialmente, da amizade que nasce entre Dexter e a Emma e que com o passar dos anos se vai transformando em algo mais profundo, mas que ambos são incapazes de assumir!
Ao longo do livro, a vida de Dexter e Emma é nos apenas um dia em cada ano, o dia especial é que marca o inicio da história deles: 15 de Julho! Cada capítulo descreve-nos a vida pessoal e profissional de Dexter e Emma, os seus relacionamento, as suas angústias, o enorme sentimento de confiança e partilha que vai crescendo entre eles! Assisti-mos ao declínio profissional de Dexter contrariamente ao crescimento profissional de Emma! Vivência-mos as relações conturbadas de Dexter e a relação estável, mas sem brilho de Emma com o comediante Ian. Partilhamos as derrotas e festejamos as alegrias e conquistas deste apaixonante casal de amigos.
É um história que poderia acontecer a qualquer um. Transmite realismo e acima de tudo deixa uma mensagem importante: muitas vezes a pessoa que verdadeiramente amamos está ao nosso lado, mas estamos tão distraídos com aquilo que nos rodeia que simplesmente achamos que não é possível!

É uma história muito envolvente, que nos mostra que o um amor forte tem por base um amizade verdadeira, intensa, que o tempo e as adversidades são incapazes de destruir.

Pontos Positivos: Acho deverás importante a forma como o autor aborda temas sensíveis como o alcoolismo e a fama. Dexter utiliza o álcool como um aliado no combate com seus problemas profissionais e emocionais. O autor mostra, claramente, as consequências que esta substância provoca no quotidiano do ser humano através desta personagem. Mais uma vez cabe a Dexter viver a experiência amarga do outro lado da fama. Depois de um período de estrela, Dexter caí no esquecimento e conhece o lado negro do mundo televisivo. O final do livro, embora inesperado, confere um simbolismo especial à história destas duas pessoas e confere realismo à narrativa!

Ponto negativo: Considero negativo o facto de apenas nos ser narrado os acontecimentos uma vez por ano! Embora o autor faça um apanhado dos aspectos mais importantes que foram acontecendo fiquei com uma grande sensação de vazio à medida que o livro ia avançando! Queria saber mais, queria saber como é que Dexter e Emma descobriram que afinal já se amavam à tanto tempo... Queria saber qual a dedicatória que Emma deixou a Dexter no livro (Emma tornou-se escritora e Dexter pediu-lhe para ela o autografar e deixar-lhe uma dedicatória)... Gostaria de ter uma descrição detalhada do casamento de ambos... Acho que este método de escrita faz com que fique muita coisa por dizer. Fica a cargo do leitor imaginar aquilo que vai acontecendo.

Este livro deu origem a um filme. Fica aqui o trailer que foi um dos motivos que me levou a ler o livro. Pode ser que vos deixe curiosos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!