domingo, 23 de outubro de 2011

O véu pintado (Somerset Maugham)

Sinopse
Kitty sente-se prisioneira de um casamento infeliz e de um estilo de vida que está longe de ser aquele que sonhou para si. Sem que tivesse obtido a notoriedade social que desejava e afastada do seu país e da família devido à profissão do marido - bacteriologista destacado para Hong Kong - , a jovem acaba por encontrar algum consolo numa relação extra-conjugal. Mas a traição acaba por ser descoberta pelo marido, que leva a cabo uma estranha e terrível vingança...

Opinião
À alguns anos atrás, sem querer vi o filme o Véu pintado! Adorei o filme, mas andava longe de saber que tinha sido baseado num livro! Tal só aconteceu à algumas semanas atrás o que, desde logo, despertou em mim a curiosidade de ler o livro!
Agora que terminei a leitura sinto-me um pouco desiludida com o livro... Acho que é a primeira vez em que, na minha opinião, o filme supera o livro...
O tema que está presente no livro é, a meu ver, bastante interessante. O casamento forçado, a época dos loucos anos vinte, a personalidade frívola de Kitty, o embaraço de Walter... Tudo isto, parecem-me ingredientes de qualidade para uma história de qualidade. Contudo, acho que apartir do momento em que Walter decide partir para Mei-tan-fu com Kitty devido a traição desta, a narração fica pobre em termos de acontecimentos... Acho que a narrativa ficaria a ganhar se, tal como aconteceu no livro, houvesse uma maior exploração da relação deste casal que é obrigado a conviver mais, a falar, a re-descobrir-se... O autor vai dando indícios de uma mudança de opinião de Kitty em relação àquilo que pensa do marido, contudo não a concretiza em termos e atitudes.
O que vai sendo mais visível é o desenvolvimento de Kitty ao nível da sua personalidade e na forma como encara a vida. O narrador descreve grandes reflexões desta em que há uma comparação das diferentes fases da sua vida...
Em relação ao final do livro, fiquei com uma sensação de vazio... Parece que falta alguma coisa... Na minha opinião é um final um pouco vazio em termos de conteúdo...

Aspecto positivo: Considero como positivo as reflexões acerca da vida e das relações humanas que o narrador vai construindo em relação à Kitty.

Aspecto negativo: Como negativo, aponto o facto do pobre desenvolvimento da relação entre Kitty e Walter quando se encontram em Mei-tan-fu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo tempo que dedicaste à minha publicação!